4 lições sobre autocuidado: Saiba o que é e seus diferentes tipos

 



Uma rotina presente em diversas mulheres é o trabalhofaculdade afazeres domésticos, na maior parte não sobra tempo de cuidar de si mesmo melhorando assim a sua autoestima e qualidade de vida. 

Algo que deveria estar estampados em todas as redes sociais e cartazes quando passamos pela rua, é que tudo de mais faz mal tanto ao nosso corpo ou a nossa mente como, por exemplo, o estresse.


Já foi comprovado em artigos que o estresse faz mal não apenas a nossa mente ele está interligado a outras doenças como: depressão, envelhecimento da pele, insônia e problemas cardíacos. 

A proposta dessa postagem é você entender o que é autocuidado e os motivos que cada um de nós devemos separar um tempo de cuidar de nós mesmas.

Mas o que é autocuidado? 

Autocuidado é começar a cuidar de si própria de acordo com as suas reais necessidades, nesse momento desligamos automaticamente do mundo e das notícias e ligamos um botão de começar a entender o nosso próprio corpo e mente.

O Autocuidado e autoestima estão interligados como um ímã de geladeira, precisamos amar a nós mesmo para cuidar do nosso interior. 

Quando começamos a inserir  esses hábitos podemos de alguma forma se sentirmos culpadas, afinal se autocuidar é colocar você em primeiro lugar e alguns dos sentimentos que podemos ter durante esse processo são: culpa e pressão. 

Isso ocorre quando colocamos tanto alguém na nossa lista de prioridades, que pensamos que se retiramos essa pessoa estaria de alguma forma “traindo” ela. 

A pergunta que deve ser feita é: será que esse alguém também está colocando você numa lista de prioridades?

 Não há motivos para se culpar em inserir você numa posição que é direito seu.

Quais são os tipos de autocuidado? 

Emocional: Está ligado a nossa saúde emocional, é uma forma de viver melhor consigo mesmo e com outras pessoas começando a: 

◾ Liberar o perdão. 
◾ Tendo compaixão por outras pessoas. 
◾ Permitir-se chorar em momentos de fraquezas. 
◾ Separar um tempo para estar com pessoas que gostem de você. 
◾ Fazer algo que você sempre teve vontade.

Físico: Como o próprio nome diz é cuidar do nosso corpo fazendo atividades físicas e dedicar um tempo para cuidar da sua pele. 


◾ Tenha uma boa noite de sono. 
◾Tenha uma alimentação saudável. 
◾ Saia para correr na rua. 
◾Faça um spa caseiro
◾ Conheça novos lugares.

Mental: É uma maneira de você aprender algo que sempre quis, mas utilizava a desculpa da falta de tempo com medo de correr atrás dos seus sonhos. 

◾ Leia um livro! 
◾ Faça novos cursos!
◾  De espaço para entender opiniões de outras pessoas.
◾  Defina suas metas de curto e longo prazo. 
◾ Foque nos seus objetivos.

Espiritual: Uma forma de ajudar a se sentir bem e leve com você mesmo sendo assim você pode: 

◾  Fazer meditação.
◾ Criar uma opinião sobre diversos assuntos.
◾ Fazer aula de yoga
 Leia livros que te  inspirem 
◾ Tente desconectar de tudo que possa te atrapalhar.

4 lições importantes sobre autocuidado:

1. Nada é perfeito: 

Por conta das redes sociais, alguns influenciadores digitais mostram uma vida perfeita em seus stories e no seu feed do Instagram. 

Muitos não percebem, mas é naquele exato momento que seus usuários começam a imaginar que tudo aquilo é genuíno, que os digitais influencers não tem problemas familiares, depressão e baixa autoestima. 

Isso acontece principalmente porque uma grande parte deles (as) não deixam transparecer para seu público, imaginando que seus seguidores não gostariam de ouvir mais problemas além dos seus próprios.


Entenda que todos nós passamos por momentos difíceis na nossa vida, e nesse exemplo a qualidade de vida que eles têm não fazem eles se livrarem desses problemas.

 2. Um passo de cada vez: 

Porque subir dois degraus na etapa de autocuidado se você pode desfrutar do primeiro? 

A maioria das pessoas tem pressa e elas são inimigas da perfeição. Você já deve ter ouvido essas mesmas palavras por parte da sua mãe, pai ou avós e eles estão certos. 

A pergunta é: porque fazer tudo rápido demais e não aproveitar aquele momento que pode ser único na sua vida?

3. Faça uma limpeza:

Essa limpeza pode ser no ambiente e também na lista de amigos, principalmente aqueles que só procuram quando precisam e jogando problemas deles como se fossemos “fadas madrinhas” para resolver. 

Evite também estar próximo de pessoas que não acreditam no seu potencial é aquele “tipos de amigos” que querem sempre se sentir, superiores. 

Passou em uma prova e esperava parabéns dessa pessoa? Em troca você receberá nessa prova todo mundo passa.

Conseguiu um cargo melhor? Em troca ouvirá: mas você já trabalhava lá por muito tempo por isso conseguiu subir um pouco. 

Comprou um celular novo? Ouvirá dessas pessoas: esse celular é até bonito, mas já saiu de linha né o meu tem muitas funções melhores que o seu. 

Essas pessoas invés de ajudar a melhorar acabam machucando por você continuar contando suas conquistas que não serão aplaudidas por eles.

4. Não se culpe: 

O problema não é você, mas as pessoas que definimos como nossa única prioridade e muitas das vezes não é recíproco. Não se cobre demais ou deixe as pessoas julgarem sem conhecer você melhor.

Entenda apenas que esse processo ajudará a ficar cada vez mais forte e preparada para qualquer situação que enfrentar.

Conclusão:


Nessa postagem você aprendeu o que é autocuidado, os diversos tipos e lições que irão ajudar a colocar-se em primeiro lugar. 

Fazendo uma limpeza em pessoas que são tóxicas e abrindo espaço para autoconhecimento da sua mente e corpo.

Escreva um comentário