5 sinais que você é um autossabotador (a)

O que é autossabotagem? Quais são as principais falas e sinais que uma pessoa que se autossabota apresenta?



Em algum momento da sua vida você já teve pensamentos relacionados a autossabotagem seja em relação ao seu trabalho, relacionamentos ou na criação de um produto digital.

Esses pensamentos começam com uma insegurança em tentar algo novo por imaginar que não estamos preparadas o suficiente para que algo aconteça nas nossas vidas.

Principalmente quando é uma oportunidade positiva para a nossa carreira, tentar aprender coisas novas ou no momento de vender produtos digitais.

Autossabotagem o que é?

A autossabotagem são pensamentos que dizem que não somos merecedores de algo positivo na nossa vida, e quando acontece algo bom a primeira coisa que pensamos é:

“Isso está dando muito certo para mim, algo vai dar errado!” esses sentimentos de facilidade são o que podem definir de alguma forma um autossabotador.

5 Sinais que você é um autossabotador

Os principais sinais que definem um autossabotador podem ser em relação com amigos, familiares ou até mesmo pensamentos que limitam a nossa capacidade.

1. Situações que ocorreram no passado ou relação com seus pais

Algumas pequenas falas que escutamos quando somos crianças influenciam no nosso comportamento quando se tornarmos adultos.

Principalmente aquelas que nos fazem duvidar da nossa capacidade de conseguir vencer de alguma forma seja no trabalho, na faculdade ou no nosso desenvolvimento pessoal.

Frases ditas no momento de fúria ou diversas vezes pelos nossos pais, ou adultos em diversos momentos influenciam de alguma forma uma criança a acreditar nelas.


O segundo fator são coisas que aconteceram no passado como, por exemplo:

Alunos (as) que sofreram bullying no colégio sofrem mais com a baixa autoestima e também com essa síndrome do impostor, chamada autossabotagem.

Tudo porque alguém simplesmente achou um “alvo” dentro da escola ou na faculdade, essa pessoa escuta falas relacionadas ao seu caráter e a sua aparência durante o tempo todo.

Quando atinge a idade adulta criamos na nossa cabeça esse tipo de rótulo que impedem de crescer profissionalmente ou permitir mudanças positivas na nossa vida.

2. “Ninguém vai comprar está caro demais”


O autossabotador não dá valor ao seu trabalho tanto na criação de infoprodutos ou na criação de redes sociais.

Sempre acreditamos de alguma maneira que aquele valor está muito acima do esperado, dessa forma ninguém irá comprar nada, esse pensamento influencia nos nossos ganhos!

Esquecemos de todas as horas que passamos no computador, em busca de criar um conteúdo que fosse fácil a leitura e a compreensão de todos que comprassem.

E no momento de inserir um valor que ele realmente vale, inserimos um valor muito abaixo apenas porque pensamos que ninguém irá comprar com esse preço.

Você acredita que não é merecedora…

Um trecho de uma reportagem ao Rookie com Emma Wattson em relação sobre o seu filme ela diz um pouco sobre a autossabotagem:

É a chamada síndrome do impostor. É quase como se quanto melhor eu me saísse, mais meu sentimento de inadequação realmente aumentava, porque eu simplesmente vou, A qualquer momento, alguém vai descobrir que sou uma fraude total, e que não mereço nada do que eu consegui. Não posso viver de acordo com o que todos pensam que sou e as expectativas de todos sobre mim.

Pensamos sempre que não somos merecedores em conhecer uma nova pessoa, por conta de coisas que ocorreram no passado que criaram diversas marcas.

Essas marcas dizem que não é o momento de se aventurar, de vencer na vida, de encontrar alguém que realmente goste de você.

São marcas que não foram curadas e que de alguma forma influencia nas suas escolhas e opiniões sobre nós mesmos.

Deixar tudo para amanhã por conta do medo de tentar algo novo

A procrastinação está ligada de alguma forma autossabotagem, é quando criamos desculpas para adiar alguma tarefa que consideramos importante para o outro dia.


Algumas dessas desculpas são ditas relacionadas a capacidade ou em tentar algo novo.

Para de fato vencer a procrastinação devemos realmente criar metas e organizar nosso tempo deixando tudo que pode de alguma forma nos prejudicar de lado.

Também temos uma facilidade em criar desculpas no momento de fazer algo novo como essas abaixo:

  • “Não vai dar em nada eu tentar fazer um curso novo”
  • “Não vai dar certo criar um produto digital”
  • “Nasci assim e não vai mudar nada na minha vida sair dessa situação”
  • “Está muito bom para ser verdade o que isso está acontecendo na minha vida”

A autossabotagem também pode estar ligada como tentativas frequentes de suicídio e depressão.

Nada dá certo para mim mesmo…

Essa é uma das frases ditas quando buscamos aprender algo novo, fazer uma faculdade ou mudar de emprego.

Dessa forma não se colocamos merecedores de conseguir algo melhor na nossa vida tanto no aumento do salário ou algum curso que não era como nós pensávamos.

Livros sobre autossabotagem para você ler


Livro escrito por Gary Jonh, que aborda sobre esse tema e como que a autossabotagem é prejudicial para o seu progresso na sua vida, ajudando você a sair da sua zona de conforto.


Psicólogo Stanley Rosner, e a escritora Patricia, falam abertamente da síndrome do impostor nesse livro bastante indicado com a função de ajudar a entender o real motivo que nós se autossabotamos.


Escritor Sam Jolen nesse livro mostra quais são as 5 decisões que devemos tomar para se livrar de fato de ser um autossabotador.

Como vencer a autossabotagem

Principais formas de você conseguir vencer a autossabotagem melhorando assim a sua qualidade de vida e sua produtividade.

Busque ajuda psicológica

Uma pessoa especializada na área, pode ajudar você a vencer esse ciclo de autossabotagem atualmente conseguimos falar com um psicólogo (a) online com a ajuda de alguns sites. 

Crie metas e objetivos diários

Utilize sites gratuitos, folha de papel ou aplicativos para criar metas diárias para ajudar de alguma forma você não pensar que não é capaz de enfrentar uma mudança positiva na sua vida.

Crie também hábitos saudáveis diários como, por exemplo, ler um livro inspirador, ouvir podcasts sobre o tema ou até mesmo se desligar de tudo que de alguma forma te faz mal.

Evite pensar que não vai dar certo!

Coloque sempre em uma "balança" quais são os pontos positivos para uma mudança de carreira, nicho ou até mesmo no uso de outras redes sociais. 

Tenha sempre em mente que precisamos sempre tentar algo novo para conseguir coisas boas lá no futuro, então não tenha medo de arriscar!

Confie no seu potencial

Se você não confiar na sua capacidade quem irá? Então comece a dar valor por todo o trabalho que você teve para chegar onde está.

Confie na sua capacidade e principalmente em você, somente dessa forma podemos de alguma forma deixar a nossa marca no mundo.


Crie hábitos positivos na sua vida, utilize depoimentos ou frases de motivação diária que ajude você a acreditar no seu potencial.

Escute depoimentos de pessoas que estão na mesma situação que você e como elas conseguiram enfrentar a autossabotagem.

Conclusão:

Nesse artigo foi possível entender o que é autossabotagem, os sinais de um autossabotador e formas simples de conseguir vencê-la.

Lembrando que não será de uma hora para outra que a síndrome do impostor irá acabar, devemos criar uma rotina e fazer hábitos saudáveis diários ou até mesmo buscar ajuda psicológica.

Escreva um comentário